quarta-feira, 18 de março de 2015

Do rascunho à HQ - Gatinhos

2 comentários

Olar! <3 Se não me engano, essa deve ser a última postagem a respeito do CAJ desse ano :) Bem, talvez tenha algo esquecido que eu só vá lembrar dentro de alguns dias, mas, até lá, fica sendo esse o último.

Hoje vamos falar de coisa boa! E não é de comida, nem da Tekpix, é sobre o quadrinho que fiz para a revista Elástica! Vou conta um pouquinho sobre o processo criativo de construção do quadrinho e da parte prática também.

Primeiramente, o tema. A matéria seria a respeito da "Dominação dos Gatos na Internet" uma pauta que sugeri para ser feita no formato de infográfico e texto, mas acabou virando quadrinho (ainda bem!). Daí, hora da apuração: Pesquisei bastaaaaante na internet e praticamente revirei o Google para ler tudo o que havia a respeito dos dados de Gatos. Fucei analytics, Data Share, Tags de Redes Sociais, fiz cálculos e mais cálculos (quem pensa que jornalista não vê matemática bem se engana!) para então passar para a construção do personagem (que você pode ver aqui) e o roteiro:





Fiz no Photoshop um roteiro rápido de 4 páginas (ininteligível) juntando todo o conteúdo que eu tinha mentalmente para esse quadrinho. E assim que fiquei satisfeita, parti para a finalização:
Clique para expandir


Finalizei o rascunho no próprio Photoshop (programa favorito, sry) usando o tablet para definir os contornos e colorir. Daí, quando pensei que estava tudo bem, tudo lindo, decidi pedir a opinião de quem entendia do assunto. Conversei com algumas pessoas que abriram alguns pontos: O texto estava meio socado no início do quadrinho em comparação com o final, os quadros estavam pouco dinâmicos (reflexo das webcomics que estou acostumada a fazer :( ) e a história não tinha uma finalização muito boa. A pessoa, muito gentilmente (Obrigada, Rafa!), passou uma montanha de referências de reportagens em quadrinhos para eu dar uma olhada e ver como era normalmente feita.

Não só isso, descobri que as páginas dos quadrinhos seriam reduzidas de 4 para 2! Fiquei meio desesperada, o que faria com todo o conteúdo que tinha comigo? Como socar tudo em duas páginas sendo que em 4 já estava tumultuado? Hahaha que desespero, omg!


Decidi que era hora de praticar uma virtude que às vezes me falta: o desapego.
Joguei fora tudo o que tinha feito e refeito, para começar do zero. Rascunhei tudo de novo, e quase sem tempo, desapeguei também das cores, dos detalhes excessivos e de MUUUITO conteúdo. Separei o mais bonitinho ou interessante e decidi que seria isso que comporia o quadrinho.
 Decidido o formato, hora de rascunhar outro roteiro:
E, enfim, a primeira página finalizada:
 

Nesse meio tempo tive ainda de reajustar a fonte, informalizar o texto - segundo recomendação da editora -, mudar o tom de amarelo e... ufa! Acho que foi só isso. Hahaha

Eu nunca tinha feito um quadrinho de páginas físicas, só tirinhas de três quadros para a internet, então foi uma chance de aprender muito sobre o tema! Gostei demaaaaais dessa experiência, mais ainda do que escrever textos jornalísticos! E a parte de pedir opiniões dos outros é algo que não costumo fazer quando estou fazendo textos corridos.... uma pena! Pedir ajuda foi a melhor coisa que fiz enquanto desenhava essas duplas, já que a qualidade do produto final ficou bem melhor porque recebi ajuda :)

E é isso! Deixo aqui embaixo a dupla de quadrinhos para vocês lerem ^3^ <3 Espero que gostem! (Só clicar pra aumentar)



2 comentários :