domingo, 28 de fevereiro de 2016

Filme: O que nós fizemos no nosso feriado

Nenhum comentário


O que nós fizemos no nosso feriado
(What we did on our holiday)

Ano: 2014
Duração: 95 minutos
Gênero: Comédia Dramática
Pontuação:  ( 5/5 )

"O casal Doug e Abi decide viajar às planícies da Escócia com os três filhos pequenos, para comemorar o aniversário do pai de Doug. No entanto, os dois têm um segredo a esconder do resto da família, mas não será nada fácil manter a informação escondida com as crianças por perto."

(Sem SPOILERS! )

Eu estava procurando por uma comédia romântica quando caí por acaso nesse filme. E caí muito bem, devo dizer.

"O que nós fizemos no nosso feriado" é uma comédia "dramática" produzida pela BBC, situando a história entre Escócia e Inglaterra. Confesso que comecei estranhando a montagem do filme, que é bastante diferente do tradicional americano que estou acostumada. O filme todo passou sem nenhuma referência sexual, nenhuma piadinha de duplo sentido nem nada do tipo, verdadeiramente um filme que dá pra assistir com a família sem nenhum momento de constrangimento, haha!


O filme começou meio lento, e a história foi sendo construída em alguns diálogos aleatórios, e logo pensei que talvez fosse uma boa ideia trocá-lo. Não fosse a preguiça, e os atores mirins, eu provavelmente o teria feito, mas daí certamente teria desperdiçado minha tarde com algo menos fabuloso que esse filme digníssimo de 5 estrelas! Não, a pontuação não é pelo design, pela filmagem artística ou pelas músicas e paisagens maravilhosas, mas pela mensagem doce e singela que é passada pelas três personagens infantis do filme.

Eu geralmente não gosto de criança em filme. Ou elas são apáticas ou parecem se esforçar demais para o papel, de modo que não fica lá tãaao convincente. Nesse filme, porém, acho que reuniram as três melhores crianças atrizes do mundo e as botaram para contar uma história sobre vida, morte e simplicidade.


A mensagem do filme é doce, leve e sutil. Acho que foi a melhor história sobre morte que já assisti, e traz uma baita lição sobre simplicidade de ideias que às vezes nos falta quando adultos. Um filme, que traz a morte de maneira tão longe do tabu que costuma ser, tem de ser guardado para sempre no coração e na alma.


Recomendo pra qualquer um, em qualquer momento da vida, mas, principalmente, em situações de perda. Ele está disponível no catálogo da Netflix, e é bem curtinho! Se está buscando algo diferente e tranquilo, vá lá e pegue esse filme rapidinho!

Nenhum comentário :

Postar um comentário